SPC, SCPC e SPC Brasil – Serviços de Proteção ao Crédito

SPC, SCPC e SPC Brasil – Serviços de Proteção ao Crédito
Gostou? Então Vote!

SPC, SCPC e SPC Brasil - Serviços de Proteção ao Crédito

No Brasil, temos diversos sistemas de informações de crédito, o SPC, SPC BrasilSCPC – Boa Vista Serviços. O mais conhecido e temido serviço de proteção ao crédito sem dúvida é o SPC.

Essas organizações são responsáveis por receber e distribuir informações aos lojistas, bancos privados e entidades financeiras, o assunto principal são sobre pendências financeiras, débitos e pagamentos de contas de consumo não pagas, além de analises de crédito.

SPC – Sistemas de proteção ao crédito

Quem nunca ouviu a expressão, “nome sujo”, “negativado”, “nome bloqueado” e “com restrição”? Pois é, quem mantém esses dados sobre devedores e inadimplentes são os sistemas de proteção ao crédito, inclusive os SPC’s.

#1 – SPC, mocinho ou bandido ?

Não é nem mocinho e nem bandido, o SPC apenas é um meio de avisar o comércio que o consumidor está devendo para uma determinada instituição, empresa ou órgão etc.

Na minha opinião é uma excelente prestação de serviço público e privado.

Essa prática não deveria ser proibido? De forma alguma.., apesar de trazer sérios problemas e restringir o crédito para quem esta com dividas em aberto, o sistema de proteção ao crédito dos SPC’s beneficia milhares de consumidores pontuais.

#2 – Qual a importância dos SPC’s ?

O SPC’s são serviços de extrema importância para instituições e financeiras decidirem se concedem ou não crédito, empréstimos e financiamentos para cidadãos consumidores e empresas.

Para entendermos melhor a importância dos serviços de proteção ao crédito deixe-me explicar o seguinte:

“Toda vez que você adquiri crédito, consome bens, faz empréstimos, financiamentos, cheque especial e outras dezenas de produtos financeiros deixando de honrar os pagamentos mensais, seu nome vai para as listas dos SPC’s”

A importância dos SPC’s abrangem tanto o comércio da rede varejista quanto instituições financeiras em geral.

O consumidor adimplente também é beneficiado. Como já disse, os serviços de proteção são muito benéficos também, pois relata ao comércio que o cliente tem potencial de bom pagador e, por outro lado aponta quem é mal pagador, ou seja, devedor.

#3 – Acesso ao crédito com ajuda do SPC’s

Para ter crédito e acesso a linhas de financiamentos, o cidadão consumidor não deve estar negativado no SPC, essa é uma das regras de concessão da maioria, se não todas as instituições financeiras.

Sempre que você busca a contratação de linhas de crédito, empréstimos, crediário, financiamentos pagando parcelado ou quando você pede um cartão de crédito a uma administradora, eles solicitam informações aos órgãos de proteção para garantir que a operação tenha o mínimo de risco.

#4 – Avaliação de risco de crédito junto ao SPC’s

Já entendemos que a maioria das instituições financeiras avaliam o histórico dos clientes e solicitam dados ao SPC e também ao SERASA para constatar se o cliente é bom pagador ou não.

Vale lembrar que empresas credoras que não avaliam seu nome no SPC, os riscos calculados são muito maiores, desta forma, os juros e encargos aplicados nas operações creditícias serão bem mais altos.

Isso acontece para cobrir eventuais despesas com pessoas que se tornarão inadimplentes.

#5 – Cadastro positivo do SPC

Um projeto que vai beneficiar inúmeros consumidores, lojistas e demais entidades financeiras, é o cadastro de bons pagadores, conhecido popularmente como “Cadastro Positivo”. No entanto, para ter acesso ao Cadastro Positivo a decisão de participação é exclusiva do cliente e não do lojista ou do SPC.

Ao optar por compartilhar seus dados, as organizações terão acesso para identificar o perfil de pagamentos dos clientes, ou seja, aqueles clientes que sempre pagam em dia, terão privilégios, como juros reduzidos ou condições especiais nos financiamentos.

Será como uma recompensa por pagarem em dia as suas contas.

#6 – Limpar o nome das listas dos SPC’s

limpar nome spc brasil

Quem está com restrição no cadastro do SPC, nesse momento deve estar preocupado em retirar seu CPF de lá para evitar constrangimentos, que por sinal, não são poucos.

Para tirar o nome do SPC é simples, alguns portais oferecem acesso grátis, para isso, basta se identificar, encontrar o credor e realizar a negociação.

Pagando os débitos no total ou parcelando, já na primeira parcela o consumidor fica liberto da angustia de ter o “nome sujo”.

#7 – Empresas que tiram nome do SPC’s

Cuidado! Não caia no conto do vigário, existem muitas empresas e pessoas aplicando golpes do “Limpamos seu Nome”, eles dizem que por um valor irrisório conseguem excluir seu nome dos SPC’s e Serasa.

Isso é farsa, o sistema de proteção ao crédito só retira o nome do inadimplente seguindo regras e procedimentos jurídicos estabelecidos entre as partes, uma delas e recebendo a informação do credor que o inadimplente não possui mais débitos.

“Se você não quer problemas com nome sujo e restrição de crédito na praça, o melhor mesmo é não ficar devendo nada para ninguém, caso já esteja devendo, o melhor é renegociar as dividas”

Dica: Identificar suas pendências imediatamente, renegocie elas que em pouco tempo seu nome estará fora da lista de devedores.